Viagens

Casas históricas que agora são hotéis de luxo

Antes de abrirem portas ao público, estas casas pertenciam a algumas das famílias mais importantes do mundo.
Por Ângela Mata, 27.10.2017

Todas estas casas têm uma história antiga e, apesar de agora transformadas em hotéis, transmitem ainda o espírito e o estilo de vida dos seus antepassados. Da Irlanda a Nova Orleães, estes são alguns dos lugares mais bonitos do mundo.  


Hartwell House, Buckinghamshire (Reino Unido) | Este ano assinalam-se os 30 anos do início das obras de restauração da Hartwell House, uma mansão do século XVII, onde chegou a viver o rei Louis XVIII quando esteve ali exilado. A propriedade estreou-se como hotel em 1809. O Spa é um dos ex libris da casa.

Ballyfin, Irlanda | Originalmente construído em 1820 pela família Coote, à qual pertencia Sir Charles Coote, um viajante inglês que migrou para a Irlanda em 1601. O projeto é dos arquitetos irlandeses Sir Richard e William Morrison. A propriedade foi transformada em hotel em maio de 2011, com cinco estrelas e apenas 20 quartos.

The Blue Mansion, Penang (Malásia) | No século XIX, a casa pertencia à família de Cheong Fatt Tze, uma proeminente personalidade chinesa que tinha uma paixão por casas tradicionais da China. Atualmente, a Blue Mansion faz parte da UNESCO Conservation and Heritage e está aberta ao público que pode ficar num dos 18 quartos.

Ett Hem, Estocolmo (Suécia) | É uma casa de três andares, originalmente construída em 1910, e fica numa zona residencial de Estocolmo. Durante a transformação da casa em hotel, a proprietária Jeanette Mix trabalhou em conjunto com o designer de interiores Ilse Crawford de forma a manter a personalidade de cada um dos 12 quartos. A decoração é tipicamente escandinava.

Glenmere Mansion, Chester (Nova Iorque) | Foi construída em 1911 pelos arquitetos Carrère and Hastings, que conseguiram recriar uma espécie de villa italiana. O lago Glenmere que existia em Nova Iorque, e para onde a casa estava virada, desapareceu, mas a casa manteve, ao longo dos anos, os detalhes antigos, assim como os jardins que a rodeiam. A mansão tem 18 quartos e uma penthouse.

Melrose Mansion, Nova Orleães (Louisiana) | Pertenceu à família de um próspero mercador chamado George Lanaux. A casa foi construída em 1885 e desenhada por James Ferret com um estilo gótico vitoriano.

The Chanler, Newport (Rhode Island) | Esta casa foi construída para o congressista de Nova Iorque John Winthrop Chanler passar as suas férias em família, em 1865. A casa tem uma esplendorosa vista para o Oceano Atlântico e chegou a receber personalidades como o Presidente Theodore Roosevelt.

Wentworth Mansion, Charleston (Carolina do Sul) | A casa pertencia a Francis Silas Rodgers e à sua mulher Marie Elizabeth Evans Cochran e foi desenhada pelo arquiteto Daniel G. Waynes. Em 1997, o novo proprietário Richard Widman iniciou uma reformulação que custou cerca de 7 milhões de dólares.

The Vanderbilt Grace, Newport (Rhode Island) | A mansão foi construída em 1909 por Alfred Gwynne Vanderbilt. Atualmente transformada em hotel, tem 33 quartos, com direito a spa, centro de fitness, piscina exterior e interior e um restaurante de assinatura – The Vanderbilt Grill.

The Ivy Hotel, Baltimore (Maryland) | Foi originalmente construída em 1889 pelo banqueiro John Gilman, que acabou por morrer antes da casa estar pronta.Tornou-se hotel em 2015 e tem à disposição 18 quartos.

Inkaterra La Casona, Cusco (Peru) | Trata-se de uma construção colonial do século XI e encontra-se mesmo no centro da cidade de Cusco. O antigo conquistador espanhol Diego de Almagro foi um dos hóspedes célebres que por aqui passaram.

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!