Artes

4 exposições a não perder em outubro

As obras de grandes mestres do final do século XIX e início do século XX são objeto de quatro mostras a visitar este mês.
Por Carolina Carvalho, 12.10.2017
Considerado um pós-impressionista, Paul Cézanne (Aix-en-Provence, 1839-1906) é um dos mais reconhecidos pintores do mundo. Segundo a National Portrait Gallery, terá feito cerca de 200 retratos e mais de 50 estarão reunidos, pela primeira vez, naquela galeria em Cézanne Portraits, exposição que pode ser visitada de 26 de outubro a 11 de fevereiro.

Picasso/Lautrec coloca em diálogo dois génios que tinham mais em comum do que se possa imaginar. Com perto de 100 obras que ilustram os temas comuns a ambos os artistas (o circo, o universo erótico, os cafés, os cabarets ou as caricaturas), realiza-se entre 17 de outubro e 21 de janeiro, no Museu Thyssen-Bornemisza, em Madrid.

Paul Gauguin (Paris, 1848-Atuona, Polinésia Francesa, 1903) e a sua obra são celebrados com a exposição Gauguin The Alchimist, de 11 de outubro a 22 de janeiro de 2018, no Grand Palais, em Paris, e com o filme Gauguin, de Edouard Deluc, com estreia nacional marcada para 23 de novembro e com Vincent Cassel como protagonista.

Além de pintor, Claude Monet (Paris, 1840-Giverny, 1926), era um colecionador de arte. Colecionou obras dos seus contemporâneos, bem como peças de arte japonesa e o resultado foi Monet Collector, uma coleção extraordinária que, com o tempo, se desmobilizou para diferentes destinos. O Museu Marmottan Monet, em Paris, decidiu reuni-la, juntando cerca de 100 obras do museu e outras cedidas por diferentes museus e coleções privadas, na exposição Monet Collector, até 14 de janeiro de 2018.
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!