Artes

Roteiro: pistas culturais para (re)descobrir a cidade

Artes, fotografia, música, cinema ? Lisboa está cada vez mais curiosa e com vontade de abrir os seus horizontes ao mundo. O roteiro cultural mostra-nos o que de mais interessante está a acontecer agora.
Por Carlota Morais Pires, 07.12.2017

O Lago dos Cisnes no CCB

Nos próximos dias 9 e 10 de dezembro, um dos maiores clássicos do balletvolta a subir ao palco do CCB. Com música de Pyotr Tchaikovsky e com produção da icónica companhia de bailado Russian National Ballet, O Lago dos Cisnes conta a história dançada de um amor impossível entre um príncipe e uma rapariga-cisne.

Fundada em 1989 por Sergei Radchenko, um dos mais importantes solistas do Teatro Bolshoi de Moscovo, a Russian National Ballet tem trazido os grandes clássicos da dança aos palcos do mundo nos últimos 25 anos.

Os bilhetes já estão disponíveis a partir de €10 na Ticketline. Dia 9 de dezembro às 16 e às 21 horas e no dia 10 de dezembro às 11 e às 16 horas.

 

Elizabeth Costello na Culturgest

Cristina Carvalhal volta a adaptar um texto ao teatro para o encenar, como fez com Cândido, de Voltaire, com Erva Vermelha, de Boris Vian, e Cosmos, de Witold Gombrowicz. Em 2009, trouxe A Orelha de Deus, de Jenny Schwartz, à Culturgest, para agora recuperar uma das narrativas de J.M. Coetzee.

A peça conta a história de Elizabeth Costello, uma escritora que, no final da vida, espera em frente a um grande portão, onde é obrigada a explicar as suas crenças a um tribunal. Relutante em fazê-lo (diz que uma escritora não tem crenças), discute com as outras personagens o que prefere chamar de convicções, debatendo sobre o amor, o mal, a arte e a razão. É um espetáculo que quer fazer-nos refletir sobre as coisas à nossa volta e aquilo em que acreditamos.

O projeto é da Causas Comuns em coprodução com o Teatro Nacional de São João e a Culturgest e o elenco conta com atores portugueses como Bernardo Almeida, Cucha Carvalheiro, Luís Gaspar, Rita Calçada Bastos, Sílvia Filipe.

Em cena de 13 a 16 de dezembro, às 19h, no Pequeno Auditório da Culturgest. Os bilhetes já estão disponíveis por €13.

 

Linda Martini VS. The Legendary Tigerman

Os portugueses Linda Martini e The Legendary Tigerman aceitaram confrontar-se numa espécie de batalha campal a que chamaram Rumble in The Jungle. Podemos dizer que a ideia é tão divertida como os concertos, que também são imperdíveis ? com novos discos a editar no início de 2018, juntaram-se numa digressão pelo país para tocar temas inéditos e confundir o rock com o boxe.

Atour começou a 29 de novembro e, em 9 rondas, está a esgotar salas de espetáculos de todo o país, com o último duelo a acontecer no Coliseu dos Recreios, no dia 21 de dezembro. A festa continua depois, com uma after party de entrada livre (para quem apresentar o bilhete do concerto) no Musicbox.

Os bilhetes já estão disponíveis a partir de €18 e o espetáculo acontece no dia 21, às 22 horas.

 

O que quero ver?

Até 30 de dezembro a Cinemateca recebe uma edição especial da rubrica mensal O Que Quero Ver, que apresenta todos os meses um ou dois filmes escolhidos pelos seus espectadores.

A acontecer ao longo de todo o mês, o novo programa inclui 25 filmes e destaca o cinema clássico com Stella Dallas, de King Vidor, Love Letters, de William Dieterle, ou Underworld USA, de Samuel Fuller, além de exibir obras de culto como Beat the Devil, de John Huston, ou Au Hasard Balthazar, de Rober Bresson, e Il Misterio di Oberwald, de Michelangelo Antonioni. Entre os títulos de agora encontramos Miami Vice, de Michael Mann, ou 48 Hours, de Walter Hill.

Consulte todos os filmes com os respetivos horários de exibição, aqui.

 

Duas lentes, dois mundos

A galeria Art Room, no Príncipe Real, em Lisboa, inaugura hoje uma exposição que reúne o trabalho de duas fotógrafas com perspetivas completamente diferentes. De um lado apresenta as imagens de Wen Jun (que também se aventura pela aguarela e pintura a óleo), a fotógrafa, pintora e música que chega da China com trabalhos inspirados nas suas experiências, quase gritos de rebeldia em relação ao padrão exigido pela sociedade chinesa. "Jun capta a brincadeira, o caos e o descontentamento da atitude adolescente e partilha-os com o mundo".

Depois, a fotografia de Cátia Castel-Branco, que viajou pelo mundo para captar os melhores momentos no livro Pestana de A-Z. "A fotógrafa atravessou o Gerês, viu o pulsar da noite incandescente do Rio de Janeiro, mergulhou nas águas quentes de São Tomé e viveu a Londres cosmopolita." Agora mostra-nos tudo o que não queremos perder, sempre sob o seu ponto de vista, curioso e atento.


B Fachada canta Zeca Afonso

O Musicbox faz onze anos amanhã, dia 8 de dezembro, e vai assinalar a data com um concerto imperdível. A partir das 22h30 abre portas para receber B Fachada, num espetáculo que celebra os 30 anos da morte de José Afonso. Naturalmente, o artista quer homenagear a importante intervenção política e social da música de Zeca Afonso numa época marcada pelo silêncio da censura, mas também vai injetar a sua identidade em palco. Em B Fachada canta Zeca Afonso vamos encontrar "um autor a meio caminho entre os dois".

Os bilhetes já estão disponíveis online por €10.

 

Bloop!

Porque hoje é véspera de feriado, a Bloop volta a organizar mais uma festa imperdível, desta vez no Estoril. A partir das 23h30 o Jézebel abre a pista com os DJ Andrade, Seuil, Cruz e Kuin a tomar conta da cabine. Pedem-nos que dancemos toda a noite, até às 6 da manhã.

Os bilhetes já estão disponíveis com os embaixadores da Bloop, a descobrir na página de Facebook. São €10 com guest list e €15 sem guest list.  

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!