Atualidade

A exposição ‘Nasty Women’, a favor dos direitos das mulheres, chega a Londres

Mais de quarenta artistas vão participar na exposição que faz parte de um movimento artístico que luta pelos direitos das mulheres.
Por Margarida Ferreira, 12.09.2017

O movimento surgiu depois de Donald Trump, durante um debate presidencial, ter chamado "nasty woman" a Hillary Clinton. Além de manifestações e alguns projetos, uma exposição de arte, criada por Roxanne Jackson e Jessamun Fiore, foi apresentada um pouco por todos os estados americanos. Agora, a mostra chega a Londres e reúne o trabalho de 41 artistas.

Paige Hawley, curadora da exposição em Londres, explicou: "Ter a exposição Nasty Women em Londres é importante sendo que ainda há muito trabalho para fazer na proteção e promoção dos direitos das mulheres aqui no Reino Unido."

Os artistas representados na exposição têm estilos diferentes, mas os temas que as suas obras representam têm alguns pontos em comum, como o sexo, a raça e os padrões de beleza. Entre alguns dos artistas estão Devon Urquhart, o fotógrafo Harley Kilburn e Helen Zughaib.

O dinheiro conseguido com a exposição vai reverter a favor da Rape Crisis England and Wales e da Women for Women Internacional, duas organizações que lutam pelos direitos e pela proteção das mulheres em todo o mundo. Nasty Women London estará em exibição de 21 a 24 de setembro, em Londres.
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
A Máxima recomenda
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!