Notícias

Anna Dello Russo vai vender o closet

As vendas vão acontecer no leilão da Christie’s, na Semana da Moda de Milão, e online no Net-A-Porter.
Por Andreia Rodrigues, 11.01.2018
A jornalista de moda, editora executiva da Vogue japonesa e fashionista italiana Anna Dello Russo vai vender muitas das peças do seu guarda-roupa a preços acessíveis. As peças foram adquiridas ao longo de mais de 30 anos.

A primeira venda vai acontecer no leilão Christie’s, com 30 looks completos disponíveis. "Um look completo de Giorgio Armani que usei em 1988 para o casamento da minha irmã: sapatos, vestido, camisa, roupa interior, tudo. E também há um look incrível de Gianni Versace. Sempre fui obcecada por colecionar Miuccia Prada. Há dois looks da Prada, incluindo o vestido lustre, e um da Miu Miu. Estas são peças icónicas. E eu quero passá-las", conta Anna Dello Russo em entrevista à Vogue norte-americana. O preço-base da licitação são 50 euros. As receitas do leilão serão doadas à Fundação Swarovski, que apoia estudantes na Central Saint Martins, em Londres. O evento exclusivo marca o início da Semana da Moda de Milão, em fevereiro.

Haverá uma outra venda, online, no Net-A-Porter. São esperadas mais de cem malas, sapatos, acessórios e peças de roupa de designers, como Giorgio Armani, Dolce & Gabbana, Versace, Prada, Miu Miu, Burberry, Jean Paul Gaultier, Alexander McQueen, Tom Ford for Gucci, Balmain, Raf Simons for Jil Sander, Maison Margiela, Roberto Cavalli, Lanvin, Roksanda Ilincic e Riccardo Tisci for Givenchy. "Passei seis meses a selecionar o melhor para o leilão da Christie’s e para o Net-A-Porter", revela, acrescentando que as peças à venda no próximo mês são "as melhores de todas, as peças importantes".

Estas vendas públicas seguem-se a uma série de vendas privadas que Anna Dello Russo já fez para amigos, ao longo dos últimos meses. Centenas de malas, sapatos e peças foram vendidos por preços baixos.

A venda antecede a publicação do livro AdR Book: Beyond Fashion, em abril. "A minha mentora foi Franca Sozzani. Devo-lhe tudo", revela Anna Dello Russo. "Depois de ela morrer, trabalhei com Luca Stoppini para fazer este livro, para fechar o círculo. Ambos trabalhámos próximos com a Franca e por isso, para mim, este livro foi a forma de pôr um capítulo, um capítulo muito grande e extremamente importante da minha vida num único lugar."
O livro retrata a carreira de Anna Dello Russo, até agora, e os amigos que a ajudaram a construí-la. "Está toda a minha imprensa, muitas sessões fotográficas. Explico como comecei. Está lá a Vogue L’Uomo e a Vogue Japan, e depois saltamos para o street style, onde pude ter a minha voz e declarar o meu ponto de vista", conta. O livro inclui ainda excertos do diário pessoal da fashionista. 
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!