Notícias

Sonia Rykiel comemora 50 anos com uma coleção que é um manifesto

Lisboa foi uma das cidades escolhidas para festejar o aniversário da casa francesa.
Por Andreia Rodrigues, 22.01.2018

Sonia Rykiel, que desapareceu em 2016, aos 86 anos, trouxe liberdade às mulheres, quebrou os códigos e mudou a moda. Karl Lagerfeld descreve-a como "a moda francesa no seu melhor" e Jean Paul Gaultier diz que "ela contribuiu para a libertação das mulheres com o seu trabalho na roupa e nos livros". Sonia, ao longo da vida, defendeu que as mulheres deviam "esquecer os costureiros, fazer a moda com o seu corpo e com o seu espírito, escondendo o que não gostamos e exaltando o que temos de bom".

As palavras e a escrita são a verdadeira alma de Sonia Rykiel. Na celebração do 50.º aniversário da marca, Julie de Libran, a diretora criativa, desenha uma coleção-cápsula, Manifesto, que representa a mulher Sonia Rykiel: livre, divertida, atraente, inteligente e amiga. A coleção celebra as características da marca, como as clássicas riscas, o vermelho, o preto, o azul e as palavras que sempre fizeram parte da vida da fundadora.

Neste aniversário, a marca quer incentivar as mulheres a exprimirem-se, por isso criou uma pop up store em 10 cidades, entre elas Lisboa. Na Loja das Meias, será possível descobrir uma instalação concebida em colaboração com o artista plástico esloveno Jargo Varga, que convida os visitantes a deixaram uma mensagem. A loja estará aberta até 16 de janeiro.

 

 

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!