Tendências

Os anos 80 estão de volta

Na verdade, não se trata de um regresso, mas sim de uma visita com algumas sensações de déjà vu… A década de 1980 foi intensa e a sua influência é, neste momento, gritante.
Por Carolina Carvalho, 08.05.2017

Diferentes áreas da cultura e da sociedade refletem ícones desta época. Do cinema à música e passando pela política, reavivam-se memórias históricas enquanto a moda se deixa perder numa das décadas mais marcantes da sua história. 

Houve uma certa exuberância nas passerelles desta primavera/verão que pôs o público a pensar na década de 1980. Afinal, ela não está assim tão distante. Mesmo quem ainda não tinha idade para usar permanente ou até mangas de balão reconhece certamente alguns dos ícones da época, muitos deles imortalizados através da televisão e do cinema. Ensina-nos a história que a moda é cíclica e as tendências desta estação sopram ventos revivalistas que nos levam a ver que a inspiração dos anos 80 se faz sentir muito além do estilo. 

Moda

Os astros (ou melhor, as tendências) alinharam-se e temos numa só estação ombros largos, mangas originais, brilho e folhos. Quase parece que a moda foi buscar o que a década de 1980 teve de melhor (ou seja, volumoso, brilhante e arrojado) e distribuiu por diferentes criadores e estilos, sem nunca perder a contemporaneidade. Renascem como musas algumas das mulheres que mais deram que falar naquela época.

Cinema

O fascínio da música, da dança e do espaço na sétima arte atualmente recorda-nos clássicos da década de 1980. O sucesso do filme La La Land contou com a música e a dança como ingredientes-chave, por isso como não relembrar musicais tão marcantes como os da década de 80 (Dirty Dancing, Fame, Flash Dance) que além de êxitos de cinema também deixaram temas originais marcantes. Depois da saga A Guerra das Estrelas nos ter levado para uma galáxia muito muito distante, o caminho ficou aberto para outras abordagens ao espaço, como os recentes Arrival (2016), Life (2017) e Passengers (2016). A história de Blade Runner (1982), com Harrison Ford, vai continuar com Blade Runner 2049, que estreia no próximo mês de outubro com Ryan Gosling. 

Sociedade

O fenómeno das supermodelos nasceu no final da década de 1980 com Christy Turlington, Naomi Campbell e Linda Evangelista, a quem se juntaram Claudia Schiffer, Elle Macpherson e Cindy Crawford. Redefiniram o sistema de moda e, mais que modelos, tornaram-se um novo tipo de celebridade. Hoje, as BFF (best friends forever) são um fenómeno que ganhou força com um elevado número de celebridades a promover a sua amizade nas redes sociais e nas suas carreiras profissionais. Entre elas atrizes, cantoras e modelos, como Hailey Baldwin, Kendall Jenner e Gigi Hadid ou Taylor Swift.

Música

A tentação de Madonna para a provocação em vários momentos da sua carreira valeu a construção de um ícone. O vídeo de Material Girl (vale a pena lembrar que nesta estação o rosa é uma cor-estrela) e a digressão de 1990 com os corpetes criados por Jean Paul Gaultier são dois desses momentos. Hoje, talvez Lady Gaga seja a digna herdeira do estatuto de irreverente e a sua atuação no intervalo do Super Bowl no início do ano (com um guarda-roupa criado pela casa Versace) prova-o na perfeição.

Gym fever

A preocupação com o físico tornou-se uma febre nos anos 80. Seja porque Jane Fonda fazia toda a gente acreditar que se podia estar em forma como ela ou porque o refrão de Let’s Get Physical, de Olivia Newton-John, provoca uma intensa vontade de mexer o corpo. Hoje, o exercício assume uma atitude mais holística e o yoga multiplica-se em disciplinas e seguidores. E, também nesta modalidade, Gisela Bündchen é uma modelo perfeita.

Damas de Ferro

O Reino Unido tem, pela segunda vez na sua história, uma mulher como primeira-ministra. E se Margareth Thatcher (à direita, com o Presidente dos EUA, Ronald Reagan) ficou conhecida como Dama de Ferro pelas difíceis situações com que teve de lidar, Theresa May (à esquerda) é a pessoa que conduzirá o processo do Brexit, a inédita saída de um país da União Europeia.

*Publicado originalmente na edição de maio da Máxima (Nº344)

Partilhar
Ver comentários
A Máxima recomenda
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!