Especiais

Narrativas de estilo: a relação entre a moda e a literatura

A jornalista Terry Newman acaba de lançar um livro que explora as referências de moda nas obras escritas por 50 dos escritores mais relevantes deste e de outros tempos.
Por Carlota Morais Pires, 10.08.2017

Foi nos anos 90 que Terry Newman começou a escrever para a i-D sobre moda, cultura e artes, altura em que começou a devorar livros e a acumular imagens que a inspiravam. Quis juntar os dois mundos e acabou por conseguir criar um paralelismo entre as histórias que lia e o estilo de quem as escrevia – uma tese que publica agora em Legendary Authors and the Clothes They Wore, um livro recém-editado pela Harper Collins.

Aqui, Newman recupera fotografias de arquivo para analisar como se vestiam algumas das 50 escritoras (e escritores) mais relevantes da História e como a moda assumia um lugar fulcral nos seus livros. A jornalista defende mesmo a ideia de que as suas escolhas de estilo estão relacionadas com as escolhas de palavras, de personagens, com as suas vozes.

Newman diz ainda que "as escritoras têm normalmente um mundo próprio e são incapazes de se vestir para agradar ao mundo ? não se preocupam com o que os outros podem dizer". Fala de Virginia Woolf, de Sylvia Plath, de Susan Sontag e Joan Didion, mas também de Maya Angelou, Patti Smith, Simone de Beauvoir, Colette, Djuna Barnes, Zadie Smith e Fran Lebowitz e encontra referências de estilo que fazem sentido nas histórias que contam.

Ao seu texto cola mais de 80 fotografias, excertos e frases que provam o contributo destes escritores para a modernidade, na literatura e na moda. Não é, obviamente, uma tese linear, mas não deixa de despertar curiosidade e fascínio a quem gosta de descobrir as imagens que se escondem nas frases.  

Partilhar
Ver comentários
A Máxima recomenda
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!