Desfiles

LAB: Olga Noronha para Verão 2017

ODE apresenta uma composição poética sobre a relação de silêncios ilustrados e de eufemismos iluminados.
Por Máxima, 09.10.2016
Numa composição revivalista onde imperam sentimentos de saudade, melancolia e paixão, juntam-se a estética da Filigrana Portuguesa, as cores do barroco de Queluz e a sina do Fado na coleção de Olga Noronha.  A designer recorre a um excerto da obra "Ode Triunfal" de um dos heterónimos de Fernando Pessoa - Álvaro de Campos.  "Canto, e canto o presente, e também o passado e o futuro." (Álvaro de Campos, Londres, 1914). 
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!