Especiais

Feminismo nas Semanas da Moda

No Dia Internacional da Mulher vale a pena recordar os momentos em que o poder feminino e a luta política contra Donald Trump estiveram presentes nas Semanas da Moda.
Por Ângela Mata, 08.03.2017

Karl Lagerfeld foi quem abriu as portas ao feminismo com o desfile outono-inverno da Chanel na Semana da Moda de Paris, em setembro de 2014. Cara Delevingne, Gisele Bündchen, Kendall Jenner e Gigi Hadid lideraram o ‘protesto’ que protagonizou o final do desfile, no qual todas as modelos surgiram com cartazes com frases de apoio ao universo feminino.

Desde então, os apelos ao feminismo têm sido uma constante no mundo da moda, nomeadamente a nível internacional. Ainda assim, foi sobretudo com a presença de Donald Trump na Casa Branca, e após as suas políticas serem postas em prática, que os ecos feministas dispararam. Na verdade, 2017 tem-se revelado um ano bastante forte em notícias ligadas ao mundo da política e dos direitos humanos. A Women’s March, que teve lugar em Washington, teve réplicas em todo o mundo e foi uma das maiores demonstrações de descontentamento público dos últimos tempos.

A Dior tem sido uma das marcas mais associadas a este movimento feminista, tendo criado uma T-shirt que se tornou uma das mais usadas em todo o mundo. 

Na Semana da Moda de Alta-Costura de Paris, no desfile Tommyland de Tommy Hilfiger, em Venice Beach (Los Angeles), nas Semanas de Moda de Nova Iorque, Madrid e agora novamente em Paris, pudemos assistir a vários momentos que retratam todo este sentimento. E não falamos apenas das passerelles. Também nas imagens de Street Style que foram sendo divulgadas se notou uma preocupação em passar a mensagem de empoderamento da mulher.

Um pouco por todo o mundo têm desfilado T-shirts com as mais diversas frases, lenços atados aos pulsos e tantas outras iniciativas e formas de proclamar a favor dos direitos das mulheres.

Partilhar
Ver comentários
A Máxima recomenda
Os membros da realeza com mais estilo

Especiais

Os membros da realeza com mais estilo

Da Duquesa de Cambridge à princesa Victoria da Suécia, passando por Charlotte Casiraghi ou Rania da Jordânia. Os membros da realeza que se transformam em verdadeiros ícones de estilo.
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!