Moda

Carina Caldeira, a glitter girl

Unicórnios, muito brilho e uma boa disposição contagiante. Trouxemos tudo isto, em dose dupla, da visita que fizemos à casa que a apresentadora portuense Carina Caldeira tem em Lisboa. Vamos entrar?
Por Rita Silva Avelar, 15.03.2017
Apelidamo-la neste artigo de glitter girl e não é ao acaso. É que Carina Caldeira, apresentadora no Porto Canal e RTP, é brilho, lantejoulas e bling bling em todos os sentidos. Bem-disposta, carismática e talentosa, abriu-nos as portas de sua casa para nos contar a sua rotina pela manhã, a paixão (infungível) pela moda e falar sobre o seu mais recente projeto que acaba de estrear no canal portuense: o Glitter Show.

Há vários anos rosto do Soccer Cities - o programa de sucesso da RTP que é transmitido em 45 países e que a leva a entrevistar jogadores pelo mundo -, Carina Caldeira já experienciou várias aventuras profissionais. Esteve quatro anos a estudar representação em Nova Iorque e estagiou na Interview. "Foi um bocadinho como vemos no filme O Diabo Veste Prada, entregava roupa nos showrooms e só pude ver uma produção. Não foi bem o que eu sonhava, mas foi sem dúvida uma oportunidade de ter contacto com peças que ainda não tinham saído, de grandes nomes e de grandes marcas", conta-nos, sobre a experiência na revista americana. Depois, rumou a Espanha, a convite do canal de televisão espanhol Bienestar. "Fui viver para Madrid um ano, onde apresentei um programa, Personal Shopper, e depois achei que já estava há muitos anos a viver fora e voltei para o meu país."

Quem a conhece sabe que não gosta de estar parada. De seguida abraçou o projeto Soccer Cities, que a leva a viajar pelo mundo com jogadores de futebol, muitas vezes até às suas casas. "Andamos pelo mundo há três anos. O Japão foi o país que me marcou mais a nível cultural e de viagem. Era aquela viagem em que eu estava todos os segundos a querer ver tudo, foi um sonho tornado realidade." Perguntámos-lhe qual foi a entrevista mais insólita e a resposta foi imediata. "Todas as entrevistas aos treinadores e jogadores são um bocadinho insólitas porque temos sempre uma ideia predefinida das pessoas e depois há sempre um bocadinho de insólito quando estás em contacto com a pessoa. Foi engraçado entrevistar o Frank de Boer, que é uma pessoa superfechada (foi mais difícil!), foi interessante entrevistar o Javier Pastore, um jogador do Paris Saint Germain que é uma estrela e chegou muito descontraído, ou ir a casa do Pablo Aimar em Buenos Aires, que nos abriu a porta de casa com a mulher, com uma aparência muito cool, de vestido comprido e descalça, com os miúdos a correr à volta dela."

Agora, é a vez de a apresentadora apostar num programa só dela e muito à sua imagem. "Animação, divertimento e magia. Vamos mostrar tudo o que se está a passar no Porto, um pouco no segmento de luxo. Mostrar o dinamismo da cidade, que está sempre com novos sítios, e, além disso, dar espaço no programa a entrevistas com pessoas que tenham uma carreira e histórias para contar." Sim, é o Glitter Show! (Imaginem, agora, uma chuva de purpurinas a cair sobre uma Carina risonha, num cenário com – sim, nós sabemos que vai lá estar um unicórnio).

Fotografia: Cortesia de Rui Valido
Partilhar
Ver comentários
A Máxima recomenda
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!