Especiais

Azzedine Alaïa morre aos 82 anos

De acordo com a notícia avançada pela revista francesa Le Point, o criador de moda, um dos mais importantes da moda das últimas décadas, morreu esta manhã.
Por Máxima, 18.11.2017

Queria ser escultor, mas percebeu cedo que o seu talento para as formas fazia mais sentido na moda. Nasceu na Tunísia, onde mentiu para poder estudar na Escola de Belas Artes e mudou-se para Paris no final dos anos 50, com intenções de se tornar costureiro. Começou na Christian Dior, passou pela Guy Laroche e duas estações depois estava na Thiery Mugler. No final dos anos 70 já tinha o seu próprio atelier, onde desenhava para mulheres como Greta Garbo ou Marie-Hélène de Rothschild.

Alaïa foi um dos costureiros que revolucionou a moda dos anos 70, com a sua forma única de trabalhar as proporções e a silhueta. Na década seguinte era já um dos nomes mais importantes da moda do exagero e da feminilidade – em 1980, apresentou a sua primeira coleção de pronto-a-vestir. São seus alguns dos designs que até hoje reconhecemos, quase sempre agarrados à cintura e ao peito, um sucesso da Europa aos Estados Unidos.

Nos anos seguintes, afirmou-se pela sua individualidade, desenhando a moda ao seu próprio ritmo, passando ao lado das pressões da indústria.  

 

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!