Fotogalerias

As maiores conspirações de sempre

Por Máxima, 16.11.2017
John F. Kennedy | Lee Harvey Oswald, um ex-fuzileiro norte-americano que esteve exilado na União Soviética antes de voltar para a América, foi acusado do assassinato de Kennedy, mas foi morto por Jack Ruby antes que pudesse ser julgado. Muitos acreditam que Oswald foi apenas um bode expiatório. Uns acham que Oswald matou Kennedy, mas não agiu sozinho. Outros têm a convicção de que foi obra do FBI, ou do KGB, e outros ainda creem que a máfia esteve envolvida no caso.
Chegada do homem à Lua | Há quem diga que este facto histórico nunca aconteceu e que terá sido o governo norte-americano a encomendar um filme falso a Stanley Kubrick, que um ano antes havia realizado 2001 Uma Odisseia no Espaço.
Keanu Reeves | Na opinião de muitos, o ator é imortal e tem passado de século em século com identidades diferentes. Isto tudo porque parece que o ator não envelhece, pelo menos se olharmos para fotografias de 1994 para cá.
O caso Roswell | A 8 de julho de 1947, a Força Aérea americana emitiu um comunicado à imprensa, afirmando que haviam recuperado um “disco voador” caído num descampado perto de Roswell, região do Novo México. Embora os militares mais tarde anunciassem que, na verdade, se tratava de um balão meteorológico, muito poucos acreditaram nisso. Na altura, referiram que os supostos alienígenas encontrados eram, na verdade, soldados mortos que serviam como manequins para testes militares.
Stevie Wonder | Os comentários irónicos do cantor em relação à sua visão têm dado origem às mais variadas teorias da conspiração. Isto porque Stevie Wonder vai muitas vezes a jogos de basquetebol, foi visto a apanhar um microfone que estava a cair e diz que adora fotografia…
James Dean | É um facto conhecido de todos que James Dean morreu num acidente enquanto conduzia o seu Porsche a alta velocidade. Mas muitos acreditam que o ator fingiu a própria morte, pois consideram difícil alguém não sobreviver a um estrago tão leve como o que foi possível observar através de fotografias do carro.
11 de Setembro de 2001 | Há inúmeras teorias sobre o papel do governo dos EUA nos acontecimentos do 11 de Setembro de 2001, mas a maioria sugere que a administração Bush tinha conhecimento prévio dos ataques e não agiu, ou então que terá orquestrado tudo. Há quem acredite que o ataque foi um trabalho interno, bem planeado, com o objetivo de consolidar o lugar dos EUA como a principal potência mundial e também assegurar as reservas americanas de petróleo no Médio Oriente. Também é comum a crença de que, no dia do atentado, a força aérea dos EUA foi deliberadamente parada ou enviada em exercícios para evitar a intervenção que poderia ter salvado a vida de quase 3 mil pessoas. Outra das teorias remete as culpas aos proprietários do World Trade Center, já que teriam a ganhar 500 milhões de dólares em lucros de seguros.
Avril Lavigne | Há quem diga que a cantora morreu em 2002 e que, entretanto, terá sido substituída por uma atriz. Na altura em que desapareceu da ribalta, surgiu um comunicado dizendo que estaria doente e em processo de recuperação. Há quem tenha mesmo detetado, em fotografias e vídeos, marcas diferentes no corpo da cantora e até alterações a nível do formato do nariz e rosto.
Tsunami de 2004 | O tsunami no Oceano Índico foi uma das catástrofes naturais mais devastadoras da história, mas há quem acredite que foi causado por testes nucleares concebidos para exterminar a população do sudeste asiático (por ser considerada uma região crítica e disputada em termos políticos).
Lorde | Há quem não acredite que a cantora tenha 21 anos, mas sim 40, e que finge ser mais nova para vender mais discos. Há quem acredite que a artista tem maturidade e talento a mais para alguém tão jovem.
Barack Obama | Há quem acredite que Obama não é americano e sim queniano. Muitos tentaram, e continuam a tentar, provar que o ex-Presidente dos Estados Unidos não tinha legitimidade para ocupar o cargo.
Britney Spears | É acusada de ser uma espécie de ‘distração’ da administração de George W. Bush, nos Estados Unidos. Tudo porque, sempre que acontecia alguma coisa negativa do lado do governo de Bush, a cantora entrava em ação com algum escândalo que roubava todas as atenções.
Bob Marley | Há quem acredite que o cantor natural da Jamaica foi assassinado pela CIA. Dizia-se que o artista alertava o público, através do reggae, das tentativas da CIA tirar do poder o primeiro-ministro da Jamaica, Michael Manley. Esta teoria ganhou força depois de, em 1976, o filho do então diretor da CIA, William Colby, ter visitado Bob Marley.
Beyoncé Knowles | A cantora é acusada de ser mãe, e não irmã, de Solange Knowles. Muitos acreditam que a família quis esconder o facto de Beyoncé ter sido mãe na adolescência.
Tupac | Poucos acreditam que o músico morreu, defendendo que o alegado assassinato foi encenado, para que Tupac pudesse fugir para Cuba. O facto de os atiradores nunca terem sido encontrados e de o homem responsável pela cremação do corpo se ter reformado imediatamente a seguir fazem com que esta teoria ganhe força.
Paul McCartney | O cantor terá morrido num acidente de carro em 1967 e desde então que é substituído por um sósia.
Pearl Harbor | Há quem defenda que o ataque a Pearl Harbor foi forjado. Muitos acreditam que o presidente norte-americano na altura, Franklin Roosevelt, soube com antecedência do ataque japonês e, mesmo ciente das invasivas, permitiu que os americanos fossem em frente, fazendo com que o país entrasse na II Guerra Mundial.
Marilyn Monroe | A morte da atriz foi um aparente suicídio para esconder um assassinato. É nessa teoria que muitos acreditam, atirando culpas à CIA, à máfia e até à família Kennedy.
Black Dhalia | É um dos maiores mistérios de Hollywood. O assassinato da jovem atriz Elizabeth Short, encontrada morta em janeiro de 1947 e fonte de inspiração para um filme de Brian de Palma com o mesmo nome. Na altura, houve quem acusasse estudantes de medicina como possíveis responsáveis, mas nada ficou provado. Consta que o assassino chegou a enviar correio a alguns dos investigadores do caso.
John F. Kennedy | Lee Harvey Oswald, um ex-fuzileiro norte-americano que esteve exilado na União Soviética antes de voltar para a América, foi acusado do assassinato de Kennedy, mas foi morto por Jack Ruby antes que pudesse ser julgado. Muitos acreditam que Oswald foi apenas um bode expiatório. Uns acham que Oswald matou Kennedy, mas não agiu sozinho. Outros têm a convicção de que foi obra do FBI, ou do KGB, e outros ainda creem que a máfia esteve envolvida no caso.
As maiores conspirações de sempre
Ver comentários
Últimas Fotogalerias

Comentários

0 Comentários
As mais vistas

Notícias Máxima por Categorias