Fotogalerias

4 maneiras de ter um tom bronzeado no inverno

Por Máxima, 06.02.2018
Tenha em mente: Os solários de bronzeamento artificial são considerados cancerígenos pela Agência Internacional de Pesquisa sobre o Cancro, ligada à Organização Mundial da Saúde. Se está à procura de produtos especiais, naturais ou vegan, não deixe de marcar uma consulta no dermatologista. E evite receitas de autobronzeamento caseiro sem recomendações médicas ou técnicas.
© Giphy
Autobronzeadores: Além de um bom produto, é importante aplicá-lo corretamente na pele bem seca e limpa. Lembre-se de usar luvas para não manchar as mãos. O ideal é fazer antes uma esfoliação corporal no duche para o tom de pele ficar uniforme. Tenha atenção às áreas de dobras e de proeminência óssea, como os braços, cotovelos e joelhos. As recomendações mudam de acordo com o produto, mas geralmente não se deve vestir roupa durante 20 minutos, não suar por 4 horas após a aplicação e tomar banho só após 8 horas.
© Instagram @izabelgoulart
Bronzeamento em spray airbrush: Realizado em clínicas estéticas e lojas especializadas, como a Benefit do Chiado, em Lisboa, o acabamento tende a ser melhor que os autobronzeadores. É possível fazer bronzeamento corporal completo, metade do corpo ou apenas no rosto e no decote em apenas dez minutos. O bronzeado dura, em média, uma semana.
© Giphy
Maquilhagem: Use a base um tom mais escuro que a sua pele e finalize com pó bronzeador. O blush deve ser um tom mais castanho ou terra e nunca se esqueça do pescoço e colo. Aplique um pingo de iluminador na base bronzant e espalhe essa mistura nas pernas e braços. Há também geles e sprays específicos para as pernas, que substituem o efeito dos collants.
© Instagram @kimkardashian
Pílulas bronzeadoras: Precisamos do sol para que elas funcionem, já que estimulam a produção de melanina, mas o sol do inverno já é suficiente. Um exemplo é a Cápsula de Bronzeado Sunissime da Lierac, que tem entre os seus ativos o suplemento de vitamina A - betacaroteno. Outro bom resultado é um brilho natural na pele e nos cabelos e o fortalecimento das unhas.
Tenha em mente: Os solários de bronzeamento artificial são considerados cancerígenos pela Agência Internacional de Pesquisa sobre o Cancro, ligada à Organização Mundial da Saúde. Se está à procura de produtos especiais, naturais ou vegan, não deixe de marcar uma consulta no dermatologista. E evite receitas de autobronzeamento caseiro sem recomendações médicas ou técnicas.
4 maneiras de ter um tom bronzeado no inverno
Ver comentários
Últimas Fotogalerias

Comentários

0 Comentários
As mais vistas

Notícias Máxima por Categorias