Fotogalerias

20 curiosidades no 20º aniversário de Titanic

Por Máxima, 12.12.2017
O filme foi feito com um rigor quase milimétrico: as cenas que aconteceram em 1912 duraram exactamente 2 horas e 40 minutos, que foi o tempo que levou o Titanic a afundar-se. Também a cena em que o barco embate no iceberg dura 37 segundos, exactamente o mesmo tempo que demorou na vida real.
A Paramount teve que enviar cópias novas a cinemas que queimaram, literalmente, as primeiras cópias que projetaram.
Leonardo DiCaprio não foi a primeira escolha. A personagem de Jack esteve para ser interpretada por Matthew McConaughey. Kate Winslet chegou mesmo a fazer as primeiras leituras do guião com o ator.
Sabendo que haveria uma cena de nu no filme – aquela em que Jack desenha Rose - , para quebrar o gelo com DiCaprio, Kate fez uma brincadeira, abrindo e fechando o robe.
James Cameron dirigiu pessoalmente cada um dos figurantes que participaram no filme, dando-lhe um nome e uma história.
A cena em que a água invade todo o salão da grande escadaria foi filmada de uma só vez, pois todo o mobiliário ia ser destruído.
Recentemente, James Cameron reconheceu em entrevista à Vanity Fair que as personagens Jack e Rose cabiam na famosa tábua de madeira que acabou por salvá-la apenas a ela do mar gelado. ‘Se ambos tivessem sobrevivido, o final do filme não faria sentido. (…) o filme fala sobre a morte e a separação. O Jack tinha que morrer.’, afirmou Cameron.
De forma a garantir a segurança dos duplos, todas as colunas e pilares do barco foram feitos de esferovite e espuma.
As mãos que vemos em grande plano no ecrã, no momento em que Jack pinta Rose, não são as de Leonardo DiCaprio, mas as de James Cameron. Acontece que Cameron é esquerdino e DiCaprio é destro, o que causou um erro de racord. A imagem teve depois de ser tratada em pós-produção para que não se notasse.
Foi o primeiro filme a ser editado em DVD ao mesmo tempo que ainda estava a ser exibido nos cinemas.
A famosa frase ‘I’m the king of the world!’ dita por Leonardo DiCaprio foi uma improvisação dele mesmo. Não fazia parte do guião.
Robert DeNiro esteve quase para entrar no filme, no papel de capitão Smith, mas na altura sofreu uma infecção gastrointestinal e viu-se obrigado a não aceitar o papel. O lugar foi ocupado pelo ator Bernard Hill.
Para as cenas gravadas no interior da sala de máquinas do Titanic foram contratados figurantes que mediam 1,50 metros, para que dessem a impressão de que a sala era muito mais alta.
As cenas dentro de água, posteriores ao afundamento do barco, foram rodadas dentro de um tanque com 1,3 milhões de litros de água.
Nas mesmas cenas, os maquilhadores também não tiveram o seu trabalho facilitado: o efeito dos corpos congelados foi conseguido através de um pó especial que cristalizava quando entrava em contacto com a água.
Kate Winslet foi das poucas actrizes a não querer usar roupa impermeável nas cenas dentro de água. Conclusão: apanhou uma pneumonia e quase que teve de abandonar as filmagens.
A cantora Céline Dion esteve prestes a cometer um dos maiores erros da sua carreira, quando ao receber a canção ‘My Heart Will Go On’, considerou não ser ela a cantá-la. Foi o marido, René Angélil, que a convenceu.
Os custos do filme atingiram os 200 milhões de dólares, um valor mais alto do que custou construir o próprio Titanic. O mítico barco foi construído com a ajuda de 7,5 milhões de dólares da época, o equivalente a 120-150 milhões em 1997.
As personagens protagonistas do filme são fictícias. Rose Dewitt Bukater e Jack Dawson nunca existiram. Só depois de terminadas as filmagens é que James Cameron veio a saber que havia um J. Dawson enterrado na Nova Escócia, Canadá, e que era uma vítima do Titanic. Tratava-se de um irlandês, Joseph Dawson, de 23 anos. O local onde está enterrado passou a ser um dos mais visitados do país.
Gloria Stuart, a atriz de 87 anos que interpretou a personagem de Rose mais velha, tornou-se na pessoa com mais velha a ser nomeada para um Óscar – Melhor Atriz Secundária.
O filme foi feito com um rigor quase milimétrico: as cenas que aconteceram em 1912 duraram exactamente 2 horas e 40 minutos, que foi o tempo que levou o Titanic a afundar-se. Também a cena em que o barco embate no iceberg dura 37 segundos, exactamente o mesmo tempo que demorou na vida real.
20 curiosidades no 20º aniversário de Titanic
Ver comentários
Últimas Fotogalerias

Comentários

0 Comentários
As mais vistas

Notícias Máxima por Categorias