Especiais

Depois das MILFs, a nova era é das WHIPs

São elas as mulheres mais interessantes do momento.
Por Ângela Mata, 29.09.2017

Mulheres sexy, inteligentes e no seu melhor momento (Women Hot, Intelligente and Prime). Assim são descritas as mulheres mais desejadas da atualidade e que têm como símbolo máximo a primeira-dama francesa Brigitte Macron.

Anteriormente já havia sido sobejamente utilizado o termo MILFs (Mother I Like to F***) – um conceito pejorativo e redutor para designar mulheres mais velhas, já com filhos, mas que continuam desejáveis. Agora, surge uma nova terminologia para classificar esta nova onda de interesse geral em mulheres mais velhas, com sex appeal, inteligentes e com uma carreira profissional já bem lançada.

É nesse patamar que nos encontramos neste momento, um pouco por todo o mundo. Quando assistimos a uma revista como a Paris Match interessar-se na nudez de uma atriz de 52 anos como Monica Bellucci, quando Susan Sarandon revela que gostava de ser realizadora de cinema porno ou quando Judi Dench, aos 81 anos, decide fazer uma tatuagem no pulso a dizer Carpe Diem e ninguém acha isso estranho, algo finalmente está a mudar na sociedade.

Foi a pensar em tudo isto que a escritora e jornalista Bibi Lynch resolveu criar o termo Whip. Lynch não estava satisfeita com alguns nomes que se tem dado às mulheres mais velhas e que procuram ação, e muito menos àquelas que saem com homens mais novos.

Quem iniciou esta nova onda foram mulheres como Madonna, Naomie Watts, Cameron Diaz, Mariah Carey, Demi Moore ou Julianne Moore, que começaram a aparecer sem medos acompanhadas por homens bastante mais novos do que elas. Esta tendência foi também apelidada de ‘efeito Kutcher’, influência do relacionamento entre o ator Ashton Kutcher (na altura com 25 anos) e Demi Moore (na altura com 41).

Num artigo publicado no jornal britânico The Telegraph, Bibi Lynch defendeu a sua particular visão das diferenças que existem entre homens e mulheres maduros: "Creio que tenho mais coisas em comum com homens mais novos do que com os da minha idade. Não me interpretem mal, adoro os homens da minha idade e até mais velhos, mas acho que existem grandes diferenças entre os homens e mulheres solteiros de 50 anos. Homens = pipa, sofá, sapatilhas. Mulheres = Prosecco (vinho italiano), slingbacks (um tipo de sapatos de tacão), pilates. Porque é que isto acontece? Creio que socialmente é mais aceitável o processo normal de envelhecimento num homem, nós as mulheres temos de manter o vigor e o peito no sítio."

Atualmente, são já muitos os que veem a primeira-dama francesa, Brigitte Macron, como o protótipo perfeito de uma Whip. Se repararmos, a primeira coisa que foi destacada em todos os meios de comunicação, aquando da eleição do Presidente francês, foi o facto de ela ser 24 anos mais velha do que ele. Talvez poucos saibam que já é avó de sete netos. No entanto, continuamos a vê-la apresentar-se de forma irrepreensível, em cima dos seus stilettos, e sabemos que conta com uma legião de fãs, que muitas vezes a descrevem como a Jane Fonda francesa. 

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!