Especiais

Recordar Elvis Presley: 5 temas memoráveis

Assinalam-se hoje os 40 anos da morte do artista que mudou para sempre a música rock. Estas são cinco das músicas que nos relembram porque Elvis Presley se tornou uma lenda.
Por Rita Silva Avelar, 16.08.2017

Há quatro décadas, 16 de agosto de 1977, o mundo sabia de forma inesperada que Elvis Aaron Presley tinha sido encontrado inconsciente na casa de banho da sua mansão Graceland, em Memphis, nos Estados Unidos, pela namorada Ginger Alden. A música não perdia apenas um dos ícones do rock&roll mas sim um dos seus pioneiros, por muitos apontado como o "rei do rock". Com 42 anos, 20 dos quais passados nos palcos, Presley deixou um legado precioso: 57 álbuns e mais de um mil milhões de discos vendidos em todo o planeta.  A sua última atuação, a 25 de junho de 1977, em Indianápolis, mostrava-o já muito debilitado e com excesso de peso (em grande parte devido à sua adição a medicamentos).

Apesar da causa oficial da morte ser um ataque cardíaco fulminante, o seu desaparecimento foi (e ainda é) motivo de inúmeras teorias da conspiração – uns apontam que a causa foi overdose, outros que foi envenenado e até há quem refira que possa ter mudado de identidade e, hoje, ainda permaneça vivo.  

Um símbolo do rock que também piscou o olho à moda, Elvis gravou o seu primeiro disco aos 19 anos, desafiando desde cedo a forma de interpretar música, cruzando a pop com os blues, o country ou o gospel. E misturando tudo isto com alguns dos melhores movimentos de dança que alguma vez vimos em palco. 

My happiness (1953)
É incontornável não mencionar esta que foi a sua primeira gravação, em 1953. Apenas com 18 anos, pagou quatro dólares para cantar My happiness (escrita por Betty Peterson Blasco) no estúdio de Sam Phillips, da Sun, em Memphis, no dia 18 de julho de 1953. O disco de acetato com a gravação e ainda o tema That’s when your heartaches begin foram vendidos num leilão a 8 de janeiro de 2015, quando se assinalaria o 80.º aniversário de Elvis, por 300 mil dólares. 
A carregar o vídeo ...
My happiness (1953)

That’s all right (1954)
Lançado no verão de 1954, That's All Right foi o primeiro single comercial de Presley, uma versão da canção That’s All Right, Mama, original do cantor de blues Arthur "Big Boy" Crudup. Foi gravado no estúdio de Sam Phillips (na verdade, foi Phillips que chamou o cantor para desafiá-lo a cantar o tema com Scotty Moore na guitarra elétrica e Bill Black no baixo).
A carregar o vídeo ...
That’s all right (1954)

Heartbreak Hotel (1956)
Além de ser a primeira música a chegar ao topo das listas dos mais vendidos, marcou o início da chegada à editora RVA (que faria dele uma estrela do início) e, diz-se, apesar de a história nunca ter sido confirmada, que foi escrita por Mae Boren Axton e Tommy Durden depois de terem lido uma notícia sobre um bilhete de um suicida no jornal Miami Herald
A carregar o vídeo ...
Heartbreak Hotel (1956)

G.I Blues (1960)
Foi a primeira canção que gravou (o quinto filme e o 11.º álbum) assim que regressou do serviço militar na Alemanha, onde estava destacado desde 1958, e numa altura em que a sua imagem sofreu pela participação em filmes e bandas sonoras de qualidade duvidosa. Ao mesmo tempo, uma série de bandas de alguma forma inspiradas por si, como os Beatles, ganhavam popularidade.
A carregar o vídeo ...
G.I Blues (1960)

Kentuchy Rain (1970)
Escrito pela dupla Eddie Rabbitt e Dick Heard, o single Kentucky Rain é considerado uma das melhores canções de Elvis, embora se recorde que a versão ao vivo do tema superava em muito a de estúdio. Kentucky Rain vendeu mais de um milhão de cópias e chegou ao n.º 16 do top Billboard Hot 100.
A carregar o vídeo ...
Kentuchy rain (1970)
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
A Máxima recomenda
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!