Notícias

Natalie Portman fala pela primeira vez sobre abusos sexuais em Hollywood

A atriz americana relatou alguns episódios em que foi vítima de assédio e discriminação.
Por Marta Carvalho, 22.11.2017

Natalie Portman, que até agora tinha permanecido em silêncio em relação ao escândalo dos abusos sexuais em Hollywood, finalmente abordou o assunto durante uma conferência do Vulture Festival, em Los Angeles.

A atriz, que se estreou aos 12 anos com o filme Léon, O Profissional, admitiu ter "100 histórias para contar" sobre assédio sexual. "Acho que a minha primeira reação quando ouvi as notícias foi pensar: ‘Bem, sou tão sortuda por não ter sofrido nenhum episódio assim.’ Mas depois comecei a pensar realmente nisso e percebi que, embora não tenha sido violentamente atacada, sofri discriminação e assédio várias vezes ao longo da minha carreira."

Portman começou depois a relatar alguns episódios, como uma ocasião em que tinha combinado viajar num jato privado com um produtor e a sua equipa, mas quando lá chegou era apenas ele e uma cama de casal. "Foi inaceitável e manipulativo. Eu estava assustada, como todas as mulheres se sentem quando andam sozinhas na rua à noite. Acho que nenhum homem compreende o que isso é", contou a atriz aos repórteres. "Um dia, numa reunião, um realizador mandou-me calar. Não pude expressar-me", acrescentou.

Natalie Portman salientou ainda que, em Hollywood, é comum haver apenas uma mulher no estúdio. "Com exceção de cabeleireiras e maquilhadoras, que são profissões estereotipadamente femininas, é muito comum encontrarmo-nos sozinhas num grupo de homens. E ouço advogadas e escritoras dizerem o mesmo."

 

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!