Atualidade

Inês Arrimadas, a líder política que está a virar o jogo na Catalunha

Nasceu em Jerez de La Fronteira, tem 36 anos e pode vir a liderar uma coligação unionista na Catalunha. Quem é, afinal, Arrimadas e como pode mudar o destino da Catalunha?
Por Rita Silva Avelar, 19.12.2017
Nasceu em terras andaluzas, mas Inês Arrimadas diz-se de coração salamantino (os pais são da aldeia de Salmoral, Salamanca) e a sua dedicação profissional tem, nos últimos dez anos, um ímpeto catalão. Não é por acaso que quer a Espanha unida. Se a procurarmos no Google, a primeira informação diz-nos que é advogada. Foi-o, de facto: estudou Direito e Administração Pública na Universidade Pablo de Olavide e trabalhou em Barcelona (onde os pais viveram durante anos) em vários departamentos jurídicos, empresas e consultoras. É a mais nova de quatro irmãos e em pequena não gostava de bonecas, adorava antes ver futebol - sempre foi, aliás, acérrima adepta do Barça.

Uma assumida constitucionalista, já que apoia o que na Constituição espanhola estabelece a unidade territorial do nosso país vizinho, Inês Arrimadas chegou à capital da Catalunha em 2008. Está presente na esfera política há seis, filiou-se em 2010, depois de assistir a um comício do Ciudadanos - um caminho que a levou a tornar-se hoje a secretária-geral do Partido Ciudadanos da Catalunha, a segunda força política mais votada no parlamento regional, com 25 deputados. A jovem líder, cujo poderoso discurso, no passado domingo, viu 4.000 apoiantes (segundo noticia o jornal El País) gritar em uníssono por ‘Presidenta’ no Teatro Goya, em Barcelona, está agora a chamar a atenção do mundo. Segundo a avaliação feita pela empresa Metroscopia publicada no El País, a força política de Inês está em primeiro lugar, tecnicamente empatada com a Esquerda Republicana Catalã (ERC), já que os Ciudadanos reúnem 25,2% das intenções de voto, a ERC 23,1%. Na terceira posição surgem o partido de Carles Puigdemont, ex-presidente exilado do governo regional, o Juntos pela Catalunha (JxCat), com 14,3% dos votos, com o Partido dos Socialistas da Catalunha (PSC) também com 14,3%. Assim, e pela primeira vez no panorama eleitoral catalão, assistimos a um bloco de partidos constitucionalistas que superam em votos (44,9%) as formações independentistas (43,8%) e que trazem à Catalunha uma esperança diferente da do passado dia 1 de outubro, quando mais de 500 pessoas ficaram feridas em conflitos após a polícia espanhola tentar impedir o voto aos catalães.

No escrutínio da próxima quinta-feira, 21 de dezembro, espera-se que o partido de Inês não só iguale forças como a Esquerda Republicana (ERC) mas sim que venha a ultrapassá-la. A verdade é que os cartazes da sua campanha eleitoral não poderiam ter mais a ver com a sua própria personagem: fazem lembrar os super-heróis da Marvel, em tons garridos e expressões fortes. Não será isso, afinal, de que a Catalunha precisa? 
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
2 Comentários
Bruno “adorava antes ver futebol” – que simpática! qual mulher gosta de futebol hoje em dia? hehe não conheço nenhuma...mas minha namorada está satisfeita que além de eu assistir os bons jogos de futebol, eu consiga ganhar um pouco dinheiro com apostas esportivas (quem quiser/precisar uns bons prognósticos, eh só consultar os previsões em sites-de-apostas.net/prognosticos-noticias que me ajudam sempre!) assim ficamos feliz os dois, eu e a minha namorada, se eu consigo ganhar um pouco dinheiro para nós dois hehe
20.12.2017
Bruno “adorava antes ver futebol” – que simpática! qual mulher gosta de futebol hoje em dia? hehe não conheço nenhuma...mas minha namorada está satisfeita que além de eu assistir os bons jogos de futebol, eu consiga ganhar um pouco dinheiro com apostas esportivas (quem quiser/precisar uns bons prognósticos, eh só consultar os previsões em www.sites-de-apostas.net/prognosticos-noticias que me ajudam sempre!) assim ficamos feliz os dois, eu e a minha namorada, se eu consigo ganhar um pouco dinheiro para nós dois hehe
20.12.2017
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!