Celebridades

Fora do menu Real

O protocolo da realeza britânica é longo e chega à cozinha. Estes são os alimentos que a Família Real não está autorizada a comer.
Por Margarida Ferreira, 21.08.2017

O protocolo restrito da família real britânica já é conhecido: as bainhas das saias têm de descer abaixo do joelho, as unhas não podem ser pintadas e todos têm ordem para se levantar quando entra a rainha.

As regras estendem-se às refeições servidas à realeza, que obedecem também a algumas restrições. O marisco, desde o camarão às ostras e ao caranguejo, é o primeiro alimento a ser proibido – isto porque as agendas de Elizabeth II e do príncipe William são extremamente preenchidas; para evitar possíveis intoxicações, não estão autorizados a provar estes alimentos. Pelas mesmas razões, também não podem comer carnes pouco cozinhadas ou cruas.

Quando se trata de alimentação no estrangeiro, há mais uma lista de proibições, como pratos exóticos e picante. Água da torneira? Nunca.

Apesar de algumas regras serem importantes até para a saúde da Família Real, as gerações mais novas (e rebeldes) já mostram sinais de querer quebrar certas imposições do protocolo. A ordem final será decisão da rainha, claro.  

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!