Notícias

Daniel Craig é o James Bond menos atraente da história

Os atores que interpretaram o agente 007 ao longo das décadas foram submetidos a um medidor de perfeição física.
Por Andreia Rodrigues, 02.02.2018
O cirurgião Julian de Silva, diretor do Centro de Cirurgia Plástica Avançada de Londres, realizou um estudo científico baseado no Golden Ratio of Beauty Phi, uma técnica de mapeamento que mede a taxa de perfeição física, com base nas características faciais, no qual foram analisadas as caras dos atores que já interpretaram o agente secreto mais famoso do mundo.

De acordo com o teste, Daniel Craig é, cientificamente, o James Bond menos atraente, com uma pontuação de 84,2%. Os lábios finos e o rosto largo do ator de 49 anos são o motivo da desvantagem.

O Bond mais atraente é Sean Connery, com 89,2%. A forma facial do ator, agora com 87 anos, foi analisada com imagens de 1964, quando representou o agente 007 no filme Goldfinger. O cirurgião explica que "Connery tem um queixo com uma geometria quase perfeita, o espaço entre os seus olhos é quase perfeito e os seus lábios têm uma forma bonita".

Roger Moore ficou em segundo lugar, com 88,8%, seguido de Timothy Dalton, com 86,5%. Pierce Brosnan e George Lazeny ficaram com 85,3% e 85,2%, respetivamente.

O Golden Ration of Beauty Phi é uma equação matemática criada pelos gregos com o objetivo de medir a beleza e a sua proporção.
 
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!