Notícias

O Discurso de Amal Clooney na ONU

Grávida de poucos meses, Amal Clooney volta a surgir em público.
Por Ângela Mata, 13.03.2017

Amal Clooney surgiu esta semana em Nova Iorque, com um look total amarelo. Trata-se de um modelo Bottega Venetta preto e amarelo limão.

Apesar de grávida, uma fase em que nem sempre é fácil escolher a melhor indumentária, esse não parece ser problema para a advogada de 39 anos. 

Amal esteve num encontro nas Nações Unidas, onde discursou apelando aos líderes mundiais para que façam algo para acabar com o 'genocídio' levado a cabo pelo grupo extremista Daesh. A advogada de Direitos Humanos representa Nadia Murad, raptada e abusada sexualmente pelo grupo em 2014. Murad conseguiu escapar e é atualmente embaixadora da Boa Vontade das Nações Unidas.

'Justiça é o que as vítimas desejam... mas essa justiça será para sempre inalcançada se permitirmos que as provas desapareçam, se valas comuns não estiverem protegidas, se provas médicas se perderem, se testemunhas não forem procuradas. (...) Matar o Daesh no campo de batalha não é o suficiente. Nós temos que matar a ideia por detrás do Daesh, expondoa brutalidade e trazendo a tribunal criminosos individuais.', apelou Amal Clooney.

Nadia Murad também discursou: 'Porque é que demora tanto tempo? Eu não consigo perceber porque é que permitem ao Daesh continuar com tudo isto, ou o que é que precisam mais de ouvir antes de agirem? (...) Hoje, peço aqui ao governo iraquiano e às Nações Unidas que abram um inquérito e que dêm a todas as vítimas do Daesh a justiça que merecem'.

Amal Clooney quer que o Primeiro-ministro do Iraque envie uma carta ao Conselho de Segurança das Nações Unidas, de forma a que uma investigação sobre todos os crimes seja feita. Caso essa carta não seja enviada, aí então as Nações Unidas poderá agir sem o consentimento do Iraque e colocar o Daesh no Tribunal Criminal Internacional.

Veja abaixo o vídeo com o discurso de Amal.

Recorde aqui as imagens de Amal que levaram às primeiras suspeitas de gravidez!

Partilhar
Ver comentários
A Máxima recomenda
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!