C-Studio i

C-Studio

Adeus, pelo. Olá, pernas!

Escolher o melhor método para a depilação nem sempre é fácil. A Máxima apresenta-lhe as vantagens e desvantagens das várias opções, e uma em particular que agradará a todos.
Por Máxima, 27.11.2017

Todos os anos há novidade no mundo da depilação. Surgem novos produtos, novas técnicas e um sem-fim de possibilidades para erradicar o pelo do corpo. Encontrar a solução mais adequada nem sempre é fácil: ao tempo e ao dinheiro que despendemos, somam-se as especificidades de cada pele e de cada corpo, que limitam as escolhas. Apesar de a forma como fazemos a depilação se ter revolucionado nos últimos tempos, 57% das mulheres admitem que esta ainda faz parte da rotina diária.

O conforto da depilação em casa


Acordar de sobressalto para uma reunião importante, receber um convite irresistível ou ser presenteado com uma folga inesperada a pedir uma ida à piscina. A somar ao clássico "tanta roupa e nada para vestir", há uma outra questão importante que ninguém foca: a depilação que cada vestuário pede.

Se no verão tentamos andar com o corpo totalmente livre de pelos, com o tempo a arrefecer, as pernas tapadas e as mangas compridas nos braços, acabamos por relegar para segundo plano a preocupação de ter a depilação perfeita.

Procurar a lâmina é o primeiro instinto de muitas mulheres, que correm contra o tempo entre o trabalho, a família e a vida social fora do escritório. É obviamente uma solução rápida e eficaz, mas tal como aquele último gin que bebemos na noite anterior, não é boa ideia no dia seguinte. Não é só o pelo a ressentir-se: a pele também. Quando usada recorrentemente, os poros começam a aumentar e a pele torna-se irregular, mais seca e áspera ao toque.

Não corte amanhã o que pode eliminar hoje


A solução passa assim por eliminar o pelo pela raiz. As vantagens da cera ou da máquina de arranque, além da durabilidade, incluem o enfraquecimento do pelo e a menor agressividade para a pele, se bem hidratada entre depilações.

Mas o enfraquecimento do pelo não implica necessariamente a diminuição do número, e esta depilação também comporta riscos. No que toca à cera, há mulheres que simplesmente fazem alergia ou que têm uma pele demasiado sensível, o que pode causar derrames. Além de dolorosa, a longo prazo a pele também começa a ressentir, principalmente em zonas mais sensíveis, uma vez que a força do arranque da cera também puxa a pele, forçando-a a expandir, o que pode resultar na sua flacidez.

Já com a máquina, os benefícios são idênticos aos da cera, a somar o conforto de fazer a depilação de forma limpa em casa e de podermos pegar na máquina sempre que necessário. Mas o arranque pode também incitar alguns problemas, nomeadamente pelos encravados ou – em zonas mais sensíveis e de pelo mais grosso, como as virilhas – pele queimada devido à fricção repetida da máquina nessa zona.

Estas soluções caracterizam-se pelo baixo custo e resultados imediatos, o que para muitas mulheres podem representar os únicos fatores em consideração.

Contudo, nos últimos anos surgiu um novo recurso para quem tem a certeza de que não quer mais pelo na sua vida. A depilação de luz pulsada ganhou, entre o ceticismo e a curiosidade, o seu lugar no top de escolhas de depilação, apesar de os custos elevados afastarem muitas mulheres. Mas… e se pudesse ter todas as vantagens da depilação de luz pulsada no conforto de sua casa?

Seja a sua própria profissional de depilação


As vantagens da depilação IPL são amplamente conhecidas e os resultados, vantajosos para as mulheres que a escolham. A técnica consiste em enviar impulsos de luz para a raiz do pelo, o que, com uma utilização regular, impede o seu crescimento. Isto traduz-se numa redução drástica do número de pelos, o que permite uma depilação sempre duradoura. A manutenção é simples e implica apenas a eliminação de alguns pelos por sessão, ao contrário de outras técnicas.

A Philips percebeu a importância que uma depilação de longa duração tem para as mulheres e tem desenvolvido, nos últimos anos, a aplicação da IPL em máquinas que podem ser usadas em casa, reduzindo os custos e os incómodos das sessões marcadas nos estabelecimentos de cuidados de beleza. Depois de várias versões, todas equipadas com os sistemas mais avançados, a preocupação passou a ser o conforto da depilação em todas as zonas desejáveis.



Surge assim a nova Philips Lumea Prestige, uma máquina cuja novidade são as duas cabeças amovíveis, desenhadas especialmente para as curvas do corpo, cada uma destinada a uma zona:

– Facial: desenhada especificamente para o rosto, nomeadamente buço, queixo e maxilar, com um filtro de luz adicional integrado, para proteger a pele mais sensível e para um resultado mais eficaz;

– Corpo: o novo acessório destinado a zonas maiores do corpo, como pernas, abdómen ou braços, contém uma cabeça maior do que as versões anteriores, permitindo um tratamento mais rápido. Além disso, o seu desenho curvo garante um contacto mais eficaz entre a IPL e a pele, o que não só reduz o tempo de utilização como aumenta os resultados obtidos e a durabilidade.


A Lumea Prestige consegue eliminar uma grande variedade de cores de pelo e de cores de pele. É importante salientar que diferentes tipos de pele podem reagir de diferentes formas a este e outros tratamentos, mas na generalidade a IPL é segura e praticamente indolor, sentindo-se apenas uma pequena picada, em peles mais sensíveis.

Como as preocupações primárias da Philips são a segurança, o conforto e a facilidade de utilização dos seus produtos, a nova Lumea Prestige traz um sensor SmartSkin, que deteta o tipo de pele e de pelo com que vai lidar, de forma a aconselhar o melhor modo de utilização da máquina. Criou ainda uma aplicação na qual poderá, através das informações desse sistema, receber dicar e conselhos de utilização, para que a depilação deixe de ser o seu calcanhar de Aquiles.

E agora, quais são as desculpas para não andar sempre pronta a vestir e arrasar?
Partilhar
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!