Notícias

Regresso às aulas: famílias portuguesas esperam gastar menos este ano

Um estudo acabado de publicar revela que as famílias portuguesas vão poupar 130 euros em relação a 2015.
Por Margarida Ferreira, 21.08.2017

Este ano as famílias portuguesas devem gastar menos com as compras de material escolar. Os dados do último estudo do Observador Cetelem prevêem um gasto total de 393 euros por família, quando no ano passado o mesmo valor rondava os 455 euros e chegava aos 528 euros em 2015.

A distribuição de livros gratuitos para todos os alunos de 1.º ciclo do ensino público, assim como o crescente apoio das autarquias (que, em alguns casos, oferecem manuais de outros ciclos de escolaridade) estão entre as razões que possibilitam a poupança em relação aos anos anteriores. Entre o material necessário estão mochilas, cadernos, canetas, roupa, sapatos e acessórios de desporto.

Por outro lado, também a oferta é, atualmente, cada vez mais alargada. Desde papelarias a hipermercados e lojas online, a crescente concorrência veio beneficiar o consumidor, uma vez que o aumento da oferta também permite uma descida dos valores de mercado. Ainda de acordo com o estudo publicado pelo Cetelem, 36% dos pais têm intenção de utilizar o cartão de crédito e as compras online também vão aumentar.

Além disso, prevê-se também um aumento do número de plataformas e bancos de trocas de manuais. No entanto, 90% dos pais continuam a preferir comprar livros novos.

O Cetelem realiza anualmente estudos sobre as tendências de compra dos consumidores. Este inquérito avalia o impacto do regresso às aulas no orçamento familiar e foi realizado com base numa amostra de 600 pessoas.

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
A Máxima recomenda
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!