Saúde

Há mais mulheres a morrer de cancro do pulmão

O número de mulheres fumadoras aumentou e são cada vez mais as doentes oncológicas.
Por Margarida Ferreira, 21.09.2017

O último relatório sobre as doenças oncológicas da Direção-Geral de Saúde revela que são cada vez mais as mulheres a morrer de cancro do pulmão em Portugal. Esse aumento está relacionado com o maior consumo de tabaco.

Segundo o diretor do Programa Nacional para as Doenças Oncológicas, Nuno Miranda, os números devem crescer ainda mais nos próximos anos.

Ainda existem mais homens a morrer por doenças desencadeadas pelo tabagismo do que mulheres. Mas em 2015 morreram 980 mulheres com doenças associadas ao tabaco, ou seja, mais 15% do que no ano anterior. No entanto, no caso dos homens, o número de mortes tem vindo a descer.

Em Portugal, o cancro que mais mata continua a ser o cancro do pulmão e 90% dos casos estão relacionados com o consumo de tabaco. Por isso, Nuno Miranda explicou à TSF: "O meu objetivo não é beneficiar um género em particular. É combater o tabagismo na globalidade e encarar de frente esta mudança dos comportamentos." 

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
A Máxima recomenda
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!