Maquilhagem

Maquilhagem passo a passo: corrigir com cor

Depois do contouring, do strobing, do clowning, o que se segue? Corrigir condições de pele com diferentes cores é o passo em frente para conseguir uma tez que não irá precisar de filtros. A diferença está em torná-lo impercetível. Os profissionais dominam-no e agora é a nossa vez.
Por Máxima, 06.12.2016

A ideia de corrigir a pele utilizando jogos de luz e de sombras não é uma novidade. Nascida de uma crescente exposição nas redes sociais, do uso dos filtros fotográficos e de sugestões de beleza das celebridades, tem tido os seus altos e baixos durante as últimas estações, algumas derivações mais ou menos suaves, mas nunca desapareceu completamente. Os make-up artists têm cumprido as técnicas de jogar com as diferentes zonas do rosto para redefinir os contornos faciais e a própria maquilhagem tem-se revolucionado com fórmulas desenvolvidas para um uso diário que já não requer um conhecimento profissional. Extrair o máximo potencial dos produtos de maquilhagem é algo que está ao alcance de todas as mulheres. Saiba como.

Contouring & Strobing 
O princípio é simples para fazer um contorno perfeito. Os tons escuros intensificam características (contouringe os tons claros adicionam volume e luz (strobing). Dê primeiro forma ao rosto utilizando um tom mais escuro, de forma a sombrear a lateral da testa, a linha do maxilar e o queixo. De seguida, vem parte do destaque, aplicando tom mais claro nas maçãs do rosto, na cana do nariz e no centro da testa. Uniformize sempre a pele entre cada passo, utilizando uma esponja ou um pincel. Este processo vai adicionar volume, eliminar as falhas e remodelar os contornos do rosto.

José Teixeira, maquilhador da Christian Dior, explica como utilizar cada cor: "Tudo tem início no círculo cromático, utilizando as cores complementares/opostas. Da mesma forma que as utilizamos para realçar a cor dos olhos com sombras e eyeliners, temos de pensar nelas para neutralizar ou destacar certas zonas do nosso rosto."

Laranja/alperce
Para corrigir olheiras arroxeadas em peles morenas e mates; manchas de pigmentação; lábios escuros e mesmo para fazer o contouring em peles claras. Devolve a luminosidade e o tom dourado às peles mais cinzentas.

Amarelo
Corrige olheiras azuladas em peles muito claras; serve de iluminador para aquecer as peles morenas (zona superior das maçãs do rosto, cana do nariz, centro da testa e arco do cupido); neutraliza tons de lábios azulados; elimina as sombras com tonalidade violeta.

Azul/lilás
Ilumina e refresca (as mesmas zonas referidas para o amarelo); corrige algumas manchas de pigmentação; ilumina o olhar. Em peles macilentas e asiáticas ilumina o tom, conferindo uma luminosidade branco polar.

Verde
Provavelmente o mais conhecido, neutraliza os tons vermelhos provocados pela couperose, rosácea, acne, etc.

Iluminar? Sem dúvida!
Não precisa de ser um profissional da maquilhagem para conseguir dar luz ao rosto. Num único clique, uma caneta consegue esculpir o rosto, remover os sinais de fatiga, iluminar os olhos e realçar o contorno dos lábios. Nesta estação, escolha o iluminador mais adequado ao seu tom de pele e traga luz imediata às áreas mais escuras do rosto. Funky to Fabulous Uma forma diferente e divertida de desenhar os contornos do rosto é a conhecida técnica do corretor colorido, mais conhecida como contorno de palhaço. Trata-se de aplicar as várias camadas de cor em formas circulares e triangulares nas zonas específicas do rosto e espalhá-las com a ajuda de pincéis, esponjas e dos dedos. Este outono/inverno, numa estação que apela ao "menos é mais", esta técnica de aplicar maquilhagem deve ser utilizada discretamente em quantidades mínimas, apenas para corrigir as condições de pele, e não excessivamente, contrariando as estações anteriores.
Partilhar
Ver comentários
A Máxima recomenda
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!