Notícias

O misterioso (novo) perfume da Issey Miyake

Porque é que a gota redonda e cristalina que adornava o topo da tampa de L’Eau d’Issey (o primeiro perfume da marca) deslizou para o fundo do frasco, em L’Eau d’Issey Pure? o designer do perfume, Todd Bracher, explica-nos este mistério.
Por Máxima, 14.11.2016
Issey Miyake explora todos os ângulos de criatividade, surpreendendo pela sua simplicidade. Em 1992, a sua imaginação e visão única da natureza, inspiraram Issey Miyake a criar a sua primeira fragrância: "a mais bela e pura fragrância no mundo: o aroma da água na pele de uma mulher." 
Agora, Issey Miyake respira uma nova vida em L’Eau d’Issey, abrindo um novo capítulo da sua história. A fonte de L’Eau d’Issey é uma gota, uma única gota rara e preciosa. Confrontado com o passar das estações inexoráveis, Issey Miyake reacende o seu amor pela natureza que leva tempo, o seu próprio tempo, para recomeçar a viver, reavivada pela água. A água que nasce e depois flui pacificamente. Água em estado puro que cria momentos suspensos no tempo, sonhos e evasões, momentos intemporais de serenidade e realização.

O frasco deste novo perfume possui uma particularidade curiosa. A gota redonda e cristalina que adorna o topo da tampa deslizou para o fundo do frasco de L’Eau d’Issey Pure. A decisão artística foi tomada pelo designer americano Todd Bracher, que assim pretende exprimir o retorno à natureza através de uma poesia sincera. "L’Eau d’Issey é tudo aquilo que os outros perfumes não são. L’Eau d’Issey invoca a genuína simplicidade e pureza que existe à volta da ideia de água. Para L’Eau d’Issey Pure, acredito que capturamos a imagem mais básica da água, uma gotícula. A gotícula simboliza a fragrância e transforma-se no frasco" afirmou o designer. Perceba melhor, no vídeo.
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!