Maquilhagem

Entre 20 batons, 14 podem ser perigosos

Um novo estudo da Deco revela que várias fórmulas de batons hidratantes incluem substâncias potencialmente perigosas. Descubra quais são as marcas que passaram na prova e as que podem estar a prejudicar a sua saúde.
Por Marta Carvalho, 28.09.2017
A Associação de Consumidores revelou recentemente que muitos batons hidratantes têm substâncias derivadas do petróleo. Estes componentes, geralmente conhecidos pelas siglas MOSH, POSH e MOAH, podem tornar-se perigosos se constituírem mais de 10% da composição de um produto que corre o risco de ser ingerido, como é o caso dos batons.

Para averiguar que marcas vendem produtos com estes componentes, a Deco testou 20 batons hidratantes diferentes, todos à venda em Portugal; foram encontradas substâncias perigosas em 14. A boa notícia? Os batons mais bem colocados no teste são alguns dos mais baratos.

Entre as marcas que não passaram no teste encontram-se a Aptonia, Avène, Carmex, Continente, Eucerin, Johnson's, La Roche-Posay, Labello, Maybelline, Neutrogena, Uriage, Vichy e ainda a vaselina da Vasenol.

Das apostas aparentemente seguras fazem parte as marcas Bonté (Minipreço), Cattier Lip Care Repairs, Caudalie, Cien (eleito o melhor), Dr. Organic e Weleda Evereon.
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
A Máxima recomenda
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!