Notícias

Dove lança plataforma sobre a autoestima das mulheres

Dove Beleza Real surge como agregador principal de temáticas relacionadas com a autoestima e a influência que a mesma tem nas mulheres.
Por Máxima, 18.07.2016
Dove lança uma nova plataforma online destinada às mulheres reais Portuguesas - Dove Beleza Real, a qual surge como agregador principal de temáticas relacionadas com a autoestima e a influência que a mesma tem nas mulheres, no sentido de acrescentar valor efetivo à comunidade, visando a sensibilização, educação e valorização da importância da autoestima para a mulher.
Através da plataforma Dove Beleza Real pode, não só inspirar-se para melhorar a autoestima, com dicas, vídeos e sugestões, como também perceber o que é e qual a importância na sua vida. Pode avaliar a sua autoestima, através de um pequeno teste, que lhe irá indicar o melhor caminho a seguir. Terá acesso a testemunhos de mulheres Portuguesas reais, que vão contribuir com as suas histórias sobre autoestima e formas diferentes de a encarar e receberá ainda um feliz presente com possibilidade de personalização: o Livro do EU, com 10 passos para uma autoestima elevada.
A nova plataforma permite também tirar todas as dúvidas pessoais, de forma confidencial, através do Consultório Online – uma sala criada em parceria com a Psicóloga Clínica Vânia Beliz, que irá responder, individualmente, a todas as dúvidas colocadas, com orientações, conselhos e sugestões, para uma vida mais completa e feliz.
Dove Beleza Real conta também com o importante contributo e orientações da Oficina da Psicologia que, com a sua vasta experiência na área, assina vários conteúdos para a Plataforma.
Apercebendo-se da escassez de conhecimento sobre a forma como a autoestima é percecionada, Dove sentiu a necessidade de explorar esta realidade e, em 2016, promoveu o desenvolvimento de um estudo que visa compreender a forma como as mulheres Portuguesas encaram a autoestima nas suas vidas. Concluindo-se que as mulheres, apesar de reconhecerem a importância da autoestima no seu bem-estar, não conseguem estabelecer uma relação causa efeito óbvia entre os comportamentos que influenciam, positiva ou negativamente os seus níveis de autoestima.
A autoestima foi considerada um fator muito importante para a sensação de felicidade da mulher, a par de outros como a realização de sonhos: a maternidade ou a carreira profissional, ter bons amigos, fazer parte de uma família afetuosa, ter autonomia de decisões, boas condições económicas, conforto e segurança, saúde, etc. Mas enquanto esses factores são claramente avaliados e perfeitamente determinados, a autoestima está dependente da forma subjectiva como a mulher avalia as suas  falhas, fraquezas, valores, conquistas, dificuldades e beleza.
Para ser mais feliz, a mulher tem que ser ajudada a construir uma boa autoestima, pois sente dificuldade com todas as pressões externas a que é sujeita. Isto passa por se tornar menos crítica e exigente e valorizar genuinamente o seu sentimento de capacidade de ser amada por uma série de características boas que tem – físicas e não físicas. Esta é a missão da Dove, com a nova plataforma - ajudar as mulheres portuguesas a aumentarem a sua autoestima.



Entrevistámos a psicóloga Vânia Beliz, que vai ter um espaço nesta plataforma, o Consultório Online, uma sala online que permite tirar todas as dúvidas pessoais, de forma confidencial, com orientações, conselhos e sugestões, para uma vida mais completa e feliz. 

  1. Quais são as razões que levam as mulheres a perder autoestima?
A nossa autoestima constrói-se muito cedo, através das relações de vinculação que têm como principal objetivo criar a nossa base de segurança e confiança. Existem muitos fatores que influenciam a opinião e os sentimentos que temos de nós próprias e do nosso valor que depois projetamos através dos nossos comportamentos. Alguns estão dentro de nós e têm a ver com a forma como nos sentimos, mas também podem surgir de fatores externos como são exemplo alguns padrões sociais. Inúmeros estudos revelam que grande parte das nossas limitações e insucesso são fruto de uma auto estima fragilizada, por isso urge mudar esta realidade.
 
  1. As portuguesas têm problemas com o amor próprio? Se sim, porquê?
Uma das variáveis que mais influencia a autoestima feminina é sem duvida a forma como lidamos com o nosso corpo e a nossa imagem. Desde muito cedo que somos pressionadas para estereótipos de beleza que potenciam a nossa insegurança e bem estar. A pressão exercida pela busca da beleza, da juventude e da perfeição é algo que está presente no universo feminino desde a infância.  A mulher portuguesa também sente essa pressão. As nossas mães e avós cresceram mergulhadas nos ideais da mulher perfeita: recatada, bonita, prendada, sensível... Hoje os tempos mudaram mas as raízes de submissão e repressão ainda estão muito presentes e isso torna-nos muitas vezes exigentes, aumentando a nossa frustração e insatisfação.
 
  1. Como é que a Dove pode ajudar a elevar a autoestima das mulheres com o novo projeto?
Dove tem apostado desde sempre na quebra dos estereótipos da beleza, promovendo através das suas campanhas, o reforço e o poder da imagem feminina real, convidando as mulheres a cuidarem de si e a mimarem-se tal como são, aceitando-se e valorizando o melhor de si. Estes são objetivos fundamentais para o nosso bem estar. Não somos apenas corpo, somos um todo e Dove convida-nos a descobrir o melhor de nós!
 
  1. Enquanto psicóloga, como pode uma mulher começar a confiar e gostar mais de si?
Refletindo sobre as suas crenças e conhecendo o seu potencial. Quer através das suas capacidades intelectuais quer na reconciliação com o seu corpo. A maior parte das mulheres sofre de distorção da imagem corporal ou seja, a perceção que têm de si mesmas e do seu corpo não é verdadeira. Dove trabalha o bem estar das mulheres através da aceitação de outros modelos de beleza para que nos possamos aceitar sem culpa e sem frustração, garantido assim que todas somos especiais e únicas. Só precisamos de dar mais atenção a um dos maiores instrumentos da nossa valorização, o nosso corpo,  pois com um aumento da confiança conquista-se o resto.

Por Rita Silva Avelar
Partilhar
Ver comentários
A Máxima recomenda
Os membros da realeza com mais estilo

Especiais

Os membros da realeza com mais estilo

Da Duquesa de Cambridge à princesa Victoria da Suécia, passando por Charlotte Casiraghi ou Rania da Jordânia. Os membros da realeza que se transformam em verdadeiros ícones de estilo.
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!