Maquilhagem

As cinco cores de batom que todas as mulheres devem ter

Para cada cor, há um batom de culto. Conheça os cinco ícones de lábios que favorecem todas as mulheres.
Por Margarida Ferreira, 22.09.2017

São vários os produtos de beleza que ao longo dos anos se tornaram icónicos. E quando falamos de batons há também alguns exemplares que, por mais anos que passem, continuam no pódio das vendas. São os chamados clássicos de culto e são, cada um na sua cor, os essenciais de beleza para usar em ocasiões diferentes.

 

Retro Matte Lipstick no tom Ruby Woo, da M.A.C Os batons vermelhos são um clássico e o Ruby Woo é o "little black dress da maquilhagem", como explica Gregory Arlt, diretor da Make Up Artistry da M.A.C. É um vermelho vívido de base azulada e textura mate que fica bem em todos os tons de pele e em todas as estações. De acordo com a marca, o Ruby Woo é batom mais vendido nos Estados Unidos. Vendem-se quatro exemplares por minuto!

 

Semi Matte Lipstick no tom Schiap, da Nars O cor-de-rosa continua a ser um dos preferidos das mulheres em todo o mundo, em especial o tom Schiap, da Nars (à venda na Sephora). O batom semi-mate, com textura aveludada e vitamina E, tem um tom de rosa vivo que, segundo a maquilhadora Katie Jane Hughes, "faz os dentes parecerem mais brancos".

 

Super Lustrous Lipstick no tom Fire and Ice, da Revlon O vermelho alaranjado também é um clássico que fica bem na maioria dos tons de pele. O tom Fire and Ice, da Revlon, um vermelho com um tom base laranja, é o eleito de quem prefere texturas aveludadas e com algum brilho aos batons mate. Se houver dúvidas em relação à sua popularidade, saiba que esta cor existe desde 1952.

 

Vice Lipstick no tom 1993, da Urban Decay Como o nome indica, foi criado em 1993, ano em que o batom castanho começou a fazer furor. Um tom nude é um must-have para todos os dias, adapta-se perfeitamente a qualquer tipo de pele e é um dos preferidos da red carpet.

 

Almost Lipstick no tom Black Honey, da Clinique É um violeta profundo, mas a sua textura translúcida torna-o mais discreto do que parece à primeira vista, e talvez seja essa a razão de ser um dos preferidos dos maquilhadores. Foi lançado no início dos anos 70 e desde então que é um best-seller. 

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
1 Comentários
Alberto Sousa E eu a pensar que era uma bomba H do KIM JONG-UM,(dois, ou, três)
22.09.2017
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!