Saúde

Alimentos com propriedades anticancro

No mês em que se assinala a luta contra o cancro, fomos investigar que alimentos - e respetivas propriedades - podem prevenir e combater doenças oncológicas. Leia a entrevista à nutricionista Magda Roma.
Por Rita Silva Avelar, 09.03.2017
Sabia que a canela melhora a circulação sanguínea? Que a erva-trigo, uma planta que nasce nos telhados, é fonte de clorofila e regulariza os valores da hemoglobina? Que a ingestão de romã pode prevenir cancro da próstata? Há vários alimentos que, cozinhados e consumidos na medida e doses certas, podem ajudar a combater as doenças oncológicas. Provavelmente sabe pelo menos de alguns, mas nada melhor do que clarificar o tema com um especialista em nutrição. Foi o que fizemos com a nutricionista Magda Roma, num workshop no supermercado Brio (com várias alternativas saudáveis).

Começamos por excluir tudo aquilo que não se deve ingerir quando se está a passar por qualquer doença oncológica. Devemos "reduzir ou eliminar os alimentos de origem animal, principalmente os mais inflamatórios e mencionados pela OMS (Organização Mundial de Saúde) tais como alimentos de origem animal de charcutaria, carne vermelha, borrego, porco, e ter em atenção alimentos carbonizados e contaminados. Os alimentos de eleição deverão ser de origem biológica devido à possível presença de agrotóxicos, tais como o glifosato associado a diversos tipos de cancro; deve ainda evitar o açúcar simples e produtos de pastelaria", revela Magda Rosa.

Depois, que hábitos primordiais devem ser seguidos à risca por quem está a passar pelo processo de tratamento? Segundo a nutricionista, a "ingestão de água em quantidades suficientes para hidratar e drenar a toxicidade orgânica; ingerir uma boa dose de alimentos ricos em antioxidantes; a preferência por gorduras vegetais ricas em ómega 3, como óleo de linho, óleo de cânhamo ou azeite; a diminuição significativa do consumo de açúcares de absorção rápida; a inclusão diária de uma boa dose de alimentos anti-inflamatórios tais como todos os mencionados acima (na galeria) e o fornecimento de uma boa dose de clorofila ao organismo através de alimentos de cor verde ou então através de sumo de erva-trigo.

Apesar de todas estas práticas e ingredientes serem contribuidores de uma melhoria significativa de todo o sistema digestivo, a sua execução e ingestão não significam que o efeito se traduza num curativo à doença imediato. São conselhos, hábitos e alimentos que previnem as doenças oncológicas e que, para quem está a lutar contra uma, podem atenuar os efeitos dos tratamentos e melhorar o bem-estar geral do organismo.

Percorra a galeria e descubra os 10 alimentos/ingredientes com mais propriedades anticancro.
 
Partilhar
Ver comentários
A Máxima recomenda
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!