Saúde

15 plantas medicinais para experimentar já

Sabia que pode curar queimaduras pequenas com aloé vera? Que a lavanda reduz o esgotamento mental? O livro "15 plantas medicinais que podem arruinar as farmacêuticas" revela os benefícios de algumas plantas que promovem o bem estar.
Por Rita Silva Avelar, 15.12.2016
Há cada vez mais pessoas que optam por terapias naturais para tentar recuperar de problemas de saúde. O mesmo se está a passar com as plantas medicinais, que antigamente eram usadas para curar literalmente tudo, fossem tisanas, infusões, sumos, tinturas, xaropes ou pós. Hoje, e com o excessivo consumo de medicamentos, um dos maiores negócios do mundo (que envolve o investimento de milhões em publicidade e no financiamento de publicações científicas e de congressos de medicina) é preciso atenuar o consumo de medicamentos, já que existem plantas naturais que podem substituir, pelo menos, alguns deles.

É essa a solução que a especialista em naturopatia Miriam Borovich quis oferecer ao escrever o livro "15 plantas medicinais que podem arruinar as farmacêuticas" que reúne as melhores plantas que podemos encontrar na natureza, explica as suas origens, princípios ativos, e os potenciais usos para efeitos medicinais.

Dividido em três partes, o livro introduz o tema, oferece um guia de conselhos para cada (do it yourself) para fazer em casa coisas simples como um óleo, e depois passa a explicar, uma a uma, as quinze plantas - hortelã, alcaçuz, erva-do-caril, sementes de psílio, curcuma, hipercão, espinheiro-alvar, valeriana, ginseng, alho, aloe vera, urtiga, dente-de-leão, lavanda e ginko biloba.  

Sabia, por exemplo, que se embeber compressas em infusão de raiz de valeriana reduz imediatamente as dores de cabeça e até enxaquecas? E que as flores da erva-do-caril, usadas em tisanas, servem para reduzir o aparecimento de constipações, bronquites, sinusites, rinites, amigdalites, eczemas, conjuntivites e dermatites? Ou, por exemplo, que a curcuma é da família do gengibre, pode ser utilizada em refeições, e ajuda a prevenir o cancro? Estas são apenas algumas potencialidades de plantas medicinais no novo livro, mas há um mundo por descobrir e para começar a integrar já na rotina alimentar.

O livro é editado pela Nascente, tem 192 páginas e custa €13,99.
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!