Saúde

10 razões por que o tabaco prejudica a sua pele (e não só)

No Dia Nacional do Não Fumador, pedimos ao Dr.ª Wenqian Chen, especialista em medicina tradicional chinesa, para saber mais sobre as melhores formas para deixar de fumar.
Por Rita Silva Avelar, 01.11.2017
É largamente sabido que o tabaco afeta a sua saúde e a das pessoas à sua volta. Porém, o Centro de Terapias Chinesas (CTC), alerta também para o facto de fumar poder prejudicar a sua imagem. A Dr.ª Wenqian Chen, Médica Especialista em Medicina Tradicional Chinesa no CTC, enumera as 10 consequências mais nocivas do tabaco para a beleza.

Qual é o primeiro passo a dar para quem decide deixar de fumar?
O primeiro passo para deixar de fumar é desejar fazê-lo. Uma vez tomada essa decisão, deve estipular um período para observar os seus hábitos tabágicos. Por exemplo, perceber em que circunstância sente mais prazer em fumar e em que situação a necessidade é maior. Uma vez reconhecidos os seus padrões, fixe uma data e informe os seus familiares e amigos da sua intenção de deixar de fumar nessa data, para que aqueles o ajudem no processo. Por fim, agende uma consulta com um especialista (pode ser o seu médico de família), para que este o possa ajudar a encontrar alternativas ao cigarro.

Qual a melhor forma de o fazer?
A melhor forma de o fazer depende do nível de dependência de cada um. Há quem consiga cortar o hábito de imediato e de uma só vez apenas com a força de vontade. Para outras pessoas, no entanto, é mais difícil e podem levar mais tempo. Se pertencer ao segundo grupo, peça aconselhamento a um especialista.

Há algum truque ou conselho que possa dar para quem está agora a iniciar o processo?
Um truque que pode resultar muito bem é mudar de marca de cigarro antes de deixar de fumar. Compre uma marca que lhe dá menos prazer fumar. Lentamente vai começar a associar o cigarro a um sacrifício e não a um prazer. Outra dica é colocar pequenos desafios a si mesmo. Por exemplo: atrasar o primeiro cigarro da manhã, desafiar-se a eliminar o cigarro a meio da manhã ou comprometer-se a não fumar em público.

A medicina tradicional chinesa pode ter um papel fundamental? Se sim, de que forma?
A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) é uma ótima solução para deixar de fumar. Com a MTC, a vontade de fumar pode desaparecer logo após a primeira sessão. Nos casos de maior dependência, mesmo que a vontade persista, o sabor do tabaco passa a ser percebido como desagradável, o que leva a uma redução radical do hábito. Por exemplo, fazendo uso do método Jie Yan, exclusivo do Centro de Terapias Chinesas, é possível que 80%-90% dos fumadores deixem de fumar apenas com 3 tratamentos. Este método consiste numa combinação de auriculoterapia, acupuntura, tui-na e fitoterapia chinesa, combatendo a habituação física e promovendo a desintoxicação do organismo. Pela sua taxa de sucesso e rapidez em resolver o problema, o MTC pode ter um papel fundamental. Consulte um especialista em MTC para saber mais sobre este método.
Para quem deseje abandonar o hábito do cigarro, a Dra. Wenqian Chen recomenda o método Jie Yan, um método com mais de 15 anos que tem conseguido que 80%-90% dos fumadores que procuram o CTC deixem de fumar apenas com 3 tratamentos. Este método consiste numa combinação de auriculoterapia, acupuntura, tui-na e fitoterapia chinesa, combatendo a habituação física e promovendo a desintoxicação do organismo.
De acordo com a Dra. Chen, logo após a primeira sessão, a vontade de fumar desaparece. Em casos mais graves, mesmo que a vontade persista, o sabor do tabaco passa a ser percebido como desagradável, o que leva a uma redução radical do hábito.


Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!